quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

MAIS UM ANO

Mais um ano chega ao fim.
O Relógio, o Calendário, o Tempo.
Pra que servem essas medições?  As outras espécies não as utilizam.
Mas para nós humanos, talvez sirva para reflexão.
Poderia dizer, para definir metas, conquistas, mas nessa época do Ano, vou me ater às reflexões.
Talvez no aniversário da gente, seja esse, o outro período de reflexões.
Olhamos prá trás e refletimos o período que ora se conclui. E ai sim, conferimos se nossas metas foram cumpridas ou não, se nossas conquistas aconteceram. Ou se não aconteceram.
Olhamos pra frente, meio que reconstruindo nosso passado e redesenhando o futuro.
O estranho disso tudo, é que o passado e o futuro não existem. Tudo o que temos é o presente. E mesmo assim deixamos de ser educados, determinados, amigos, corretos, sensíveis.
Não é pratica diária a compaixão, a bondade, a renúncia.
(Quase) parafraseando Renato Russo, é preciso viver o hoje como se só houvesse o amanhã?
Não podemos viver assim.  Temos que amar hoje, respeitar hoje, ser correto hoje, ser bondoso e caridoso hoje.
Assim, só assim, talvez no próximo final de Ano, não nos preocuparem tanto com o calendário, com o relógio, com o Tempo.
Pois seremos livres de espírito, realizados a cada hoje de nossas vidas.
E, se conseguirmos ser melhor a cada hoje que enfrentarmos, seremos felizes os próximos 365, 730, 1095 dias das nossas vidas.
Continuem com suas mentes inquietas, mas busquem a Paz e não deixem de compartir bondade, caridade, felicidade e respeito.
Feliz Natal e um 2011 excepcional a todos.


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O PODER DO TWITTER e do MIL FOLHAS

É incrível o poder das Mídias Sociais.
Ontem fui na Confeitaria Max, que existe em Porto Alegre desde 1957, e pedi o tradiconal Mil Folhas.
Como sempre o doce veio lindo e apetitoso, lembrei de uma amiga, antiga Reporter do Canal rural Lucieli Dornelles @lelidornelles, que também a sigo no Twitter. 
Enquanto saboreava, tirei uma foto e postei uma msg para @lelidornelles, pois ela adora doces (assim como eu, que troco qualquer prato salgado por um bom Doce).
Minha surpresa, foi quando recebi uma mensagem do Chef. Argentino Diego Andino @chefdiegoandino, me convidando para conhecer sua Confeitaria e saboreaer suas especialidades.
é Impressionante esse poder de penetração dessas midias sociais instantâneas.
O Chef Diego podia perfeitamente estar na sua terra Natal quando me encontrou no twitter, e de lá mesmo ter feito esse adorável convite.
Estou falando  de um Mil Folhas, um tradicional doce do meu tempo de criança (ah... tempo bom aquele). Mas esse poder bárbaro de comunicação  sem fronteiras, sem barreiras, sem censuras.
aproximando pessoas que nem se conhecem mas tem afinidades. 
doces, cultura, informação. 
Nossa.... são tantas as possibilidades.
Por enquanto segue o site do Chef Diego Andino goo.gl/lSMqb
Eu vou visitar o Chef. Diego, mas se você estiver conectado,
mas lejos de Porto Alegre. visite o Site, talvez 
voce se apaixone mais por essa Cidade.
Ainda não sei bem qual o mais poderoso, se o Mil Folhas ou o Twitter.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

A PACIFICAÇÃO DO MORRO DO ALEMÃO, A MIGRAÇÃO E O MODELO ECONOMICO DO TRAFICO

Muito boa ação conjunta da forças do Estado.
Esse é o assunto vigente em todo mundo. Todos os olhares estão voltados a Cidade Maravilhosa.  É muito legal ver uma ação de beneficia uma comunidade inteira que vivia aprisionada.
Mas com certeza essa é a solução pra pacificar a região, não para resolver o problema das Drogas.
Vamos ter ai pela frente uma Migração desses traficantes para outras regiões do País. E é bom que as forças policiais de outros Estados da Federação se preparem para receber esse novo contingente de Traficantes desempregados ou desalojados de seus ¨escritórios¨ nos Morros Cariocas.
É óbvio que o tráfico vai continuar. Ele existe no mundo todo, e não vai ser pelo abalo a esses 600 ou 800 traficantes (e ai temos do vapor aos chefões do Morro), que o trafico vai parar ou os usuários de Drogas vão tomar uma ¨over¨ de consciência cívica e vão parar de consumir suas drogas (socialmente ou vorazmente).
Essa migração de ações já vinha acontecendo, e agora veremos a migração do comando dessas operações.
Outra coisa importante nesse quadro atual é o modelo econômico do trafico que no Brasil é ultrapassado. Só encontramos esse modelo no México, com suas milícias armadas e estrutura de guerrilha e comandos. È fácil perceber que existe tráfico de drogas em Milão, Berlin, na Cataluña toda, Paris etc. Existem vendedores e consumidores de drogas. Os produtores de todo mundo continuam produzindo sem nenhum problema em relação ao que está acontecendo no Rio.
Talvez até os traficantes, os senhores da Droga (que, diga-se de passagem, nunca moraram na favela), estejam começando a vislumbrar novos modelos econômicos para seu lucrativo negócio.
Então olhem para esse Rio de Janeiro de Dezembro de 2010, como uma cidade que aspira um pouco mais de Paz.
Mas o trafico....ah esse vai continuar.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

SONHAR DORMINDO

Não sou muito de sonhar (acho que durmo com os pé no chão. huahuahua). Ao menos não lembro dos meus sonhos.
Mas essa noite tive um sonho muito bom.
Sonhei com meus Pais. Os dois num único sonho. Não é demais?
Nossa, pra mim foi demais. 
Como é bom sonhar. A possibilidade de ter os dois ao meu lado (ah e ainda meu filho estava junto. Filho esse que  minha Mãe não conheceu).
Foi um sonho breve e logo me acordei. Me apressei em me acomodar novamente pra tentar dormir e continuar o sonho, mas ele não prosseguiu.
Foi um sonho sereno, breve mas sereno.
Tão bom ter meu querido Pai e minha amada Mãe ao meu lado de novo. Mesmo que num sonho.
Assim eu queria dormir parte dos meus dias, para ter ao meu lado pessoas tão importantes e que tanta falta fazem em minha vida.
Mas sábios como sempre foram, vieram numa hora especial, brevemente, mas vieram. E me alentaram com suas presenças.
Tão bom sonhar, tão bom amar e ser amado.
Pai Guido, Mãe Haydeé venham me fazer sonhar mais vezes.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

BOTECO DO FUTURO

Recebi essa e não resisti....
tive que colocar no Blog. vai então.


BOTECO DO FUTURO

Um sujeito entra num boteco novinho, todo hi-tech, e pede uma bebidinha.

O barman é um robô, que serve um cocktail perfeito e pergunta:

- Qual é o seu QI?

O homem responde:

- Uns 150.

Então o robô inicia uma conversa sobre aquecimento global,

espiritualidade universal, física quântica, interdependência

ambiental, teoria das cordas, nanotecnologia, e por aí afora....

O cara ficou impressionado, e resolveu testar o robô.

Saiu,.... deu uma volta e retornou ao balcão.

Novamente o robô pergunta:

- Qual é o seu QI?

O homem responde:

- Deve ser uns 100.

Imediatamente o robô lhe serve um uisquinho e começa a falar, agora
sobre futebol, fórmula 1, super-modelos, comidas favoritas,
armas,corpo de mulher, e outros assuntos semelhantes.......

O sujeito ficou abismado.

Sai do bar,.... para pensar.... e resolve voltar e fazer mais um teste.

Novamente o robô lhe faz a pergunta:

- Qual é o seu QI?

O homem dá uma disfarçada e responde:

- Uns 20, eu acho!!!!!

Então o robô lhe serve uma cachaça, se inclina no balcão e diz pausadamente:

- E aí mano,...... vamu votá na Dilma ?????

DIREITO DE RESPOSTA

Também quero meu Direito de Resposta. 
Meu TSE (Total Senso de Eleitor), me deu esse Direito. (Sim em LETRAS MAIÚSCULAS).
Meu ouvido não é pinico, e não sou um marionetes manipulados por imbecis. Tampouco sou palhaço. (Se fosse, estaria me Elegendo Deputado Federal).
SIM, VOU ABUSAR DAS MAIÚSCULAS. É O MEU GRITO IMPRESSO NA NET.
Sei que é um grito pequeno, baixo. Mas sei também que é um grito lúcido, claro e bem balizado.
Chega de tentar ouvir esses imbecis, que não tem mais programa politico, tem programa na TV. Tem e não sabem usar, pois um entrega seu tempo ao outro como DIREITO DE RESPOSTAS.
Muito bem seus imbecis presidenciáveis, que em nenhum momento apresentaram um só projeto de governo. Tudo o que falaram até agora, são balelas artificiais, pois não dizem o que vão realmente fazer, quando e muito menos como.
Sabem porque não dizem? Porque não vão fazer.
Mas estejam certo, dia 31 EU VOU UTILIZAR MEU DIREITO DE RESPOSTA.
USE O SEU TÁMBEM.
E GRITE O MAIS ALTO QUE PUDER.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

DAS TRISTEZAS INDEFINIÇÕES E PEDAÇOS DE VIDA

É incrível como a vida nos provoca certas tristezas.
Ando triste a bastante tempo com a doença de um amigo querido. Essa tristeza do ir e vir ao hospital, me faz ver mazelas e dores de outros tantos.
Mazelas de um sistema de saúde pré-falimentar. Dores tantas de tantos outros, dividindo a mesma e única esperança. Viver. Viver qualquer pedaço de vida que ainda reste. (Se não tiver a plenitude, não faz mal).
Esses pedaços de vida, despedaçam meu coração, que junto comigo, inerte, se aperta em sí. Inoperante, batendo triste como um eu inteiro.
Sem saber ao menos o que fazer, ou sem ter nada a fazer.
As indefinições da vida, nossas escolhas, nossas entregas.
Agradeço a Deus a vida que tenho, pois de tantos pedaços de vida, construí nos últimos anos, o melhor da minha vida. Minha família, minha esposa, meus filhos, meu trabalho.
Nesse turbilhão que é vida, vamos vivendo com as tristezas, indefinições, construíndo esses pedaços de vida.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

MUNDO DE CABEÇA PRA BAIXO

oɯsǝɯ oxıɐq ɐɹd ɐçǝqɐɔ ǝp opuɐɹıʌ ós ǝnb oɥɔɐ
¿ossı ɹɐpnɯ ɐɹd ɹǝzɐɟ ǝnb o
˙oıɔóbǝu ɯoq ɯn é oãu ǝʇuǝɯɐʌıʇıuıɟǝp ɐɹobɐ ǝp ɹıʇɹɐd ɐ soɥןıɟ ɹǝʇ
˙ɹɐıɟuoɔ oãʌ ɯǝnb ɯǝ ǝ ǝnb ɯǝ
¿ɹɐɹʇuoɔuǝ oãʌ ǝʇuǝıqɯɐ oıǝɯ  ǝnb
¿ɹǝʇ oãʌ sǝןǝ ɐçuɐɹnbǝs ǝnb
¿ɹɐɹʇuoɔuǝ oãʌ soɥןıɟ snǝɯ ǝnb o
˙opuǝʌıʌ soɯɐʇsǝ ǝnb ǝssǝ oɥuısıɐd ǝnb
˙nǝ ǝ ǝʇuǝɯ ǝןǝ ou ˙zıp-ǝnb-zıp ou ɐpɐɔoɟ 'ןısɐɹq op ɐıɔuǝpısǝɹd ɐɹd ɐɔıʇıןod ɐɥuɐdɯɐɔ ɐɯn
˙sǝpɐpınbıuı sɐɹʇno soʇuɐʇ ǝ ossǝɹbuoɔ ou soçɐɥןɐd 'opuɐɹʇsǝübǝs sɐıɹásǝɹdɯǝ
˙oɯsǝɯ oxıɐq ɐɹd ɐçǝqɐɔ ǝp ɐʇ opunɯ ǝssǝ

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

UM GOLEIRO - UM CENTROAVANTE e .... MUITOS PALHAÇOS

Taí. Viu só? Brincar com voto dá nisso.
Um goleiro (nada contra o Danrlei), um centroavante (O Romário até deve fazer alguma coisa em prol da crianças com necessidades especiais). Agora o Tiririca? Esse não precisava....
Já tem palhaço demais por lá. E muitos mais aqui fora, que votam num cara desse. Será que as pessoas realmente não pensam, que esse cara agora é um Deputado Federal, com as regalias, atribuições e Poder. Pra não esquecer o Slogan dele: Palhaço por palhaço, vote em profissional. (e 1.300.000 pessoas acreditaram)
Esse é o meu País (putamerda).

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

ESSE PAÍS PODE SER DE QUEM QUISER - MAS ESSE NÃO É O MEU PAÍS

video
Pessoal!
Não era muito a fim de falar de política, mas não tem jeito. As eleições estão aí, e parece que o pior vai acontecer.
É incrível como algumas pessoas não conseguem ver o que aconteceu no nosso Brasil, o que está acontecendo e o que vai acontecer.
Será que essas pessoas não percebem que se aconteceu alguma de positivo nesses últimos anos, foi porque o mundo estava positivo? Que as coisas estavam acontecendo.
Será que não perceberam ou não se lembram, que tiraram o Collor por uma ¨elba¨ - isso mesmo, um mísero carro. 
E agora não se lembram do Marcos Valério, do Dirceu, do Genoíno, das cuecas, de porcaria nenhuma.
O que acham que a Presidenta vai fazer?
vocês viram algum traço de ternura, algum traço de preocupação no rosto dela? Claro que não... O único desejo é o poder. Poder pelo simples poder.
Não sei ainda em quem votar, mas sei em quem Não VOTAR.
Não vou votar em gente que compra votos com mesadas aos desempregados, que não dá escola nem educação a ninguém. Que prefere um povo burro e dependente. 
Assim funcionou, funciona e vai funcionar a América Latina.
Pobre de nós.
ESSE PAÍS PODE SER DE MUITA GENTE - MAS ESSE NÃO É O MEU PAÍS.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Quanto Vale


Quanto você vale?
Boa pergunta hein!
Pra quem?
Você deve ter várias etiquetas de valor.
Porque para a mesma pessoa você vale diferente. Depende o dia dela, ou o seu.
Pro seu Amor você tem um valor, ou vários valores. Depende do carinho, do Amor, do tempo que você dispensa, e até dos presentes que entrega ela.
Pro seu concorrente, deve ter vários valores, depende da forma que você o enfrenta ou o ataca.
Pro seu Patrão, quanto você vale quanto?
Quanto recebe no final do mês? Quanto produz de riqueza para a empresa? Quanto atrapalha ou reduz o espaço do seu concorrente?
Uma coisa você pode ter certeza..... não se preocupe, porque um belo dia Você não Vale Nada.
Huahuahuahuahuahuahua

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

DE AMOR, AMOR PRESENTES E ANIVERSÁRIOS


Meu Amor.
As vezes os presentes são primeiros sonhos.
Se esses sonhos persistem em nosso interior, vão aos poucos se materializando.
Quando te conheci, não pude te ter, mas o desejo permaneceu.
O Sonho persistiu, e foi se materializando.
Hoje, estas de cumpleaños, e deve estar olhando prá trás e pra frente, com um misto de angustia e satisfação.
Coisas que fizeste, coisas que deixaste de fazer. Escolhas certas e erradas.
No dia que devia te dar um presente, me sinto presenteado.
Na verdade, me sinto presenteado todos os dias por estares ao meu lado, e tento com a mesma alegria que sinto ao acordar e ver a família que tenho, construir novos sonhos para presentear a você.
Nesse teu aniversário, agradeço aos teus pais (Iberê e Terezinha) em oração, pela menina que me entregaram. Pelo carater dessa menina. Pelo amor contido que floresceu ao meu lado.
Agradeço a vida, a possibilidade de partilhar contigo esse pedaço maravilhoso da minha vida. O melhor pedaço. Que a cada dia cresce mais, com mais amor,amor, amor.
Me tens inteiro, sem fragmentos ou pedaços. Nada do que sou pertence somente a mim.
Me presenteio a ti. Me entrego a ti, meu Amor, todos os dias.
Assim tenho feito desde sempre em nossa vida. E assim seguirei fazendo, com a Alegria e a certeza que te entrego o melhor de mim.
Esse é o meu presente.
Te amo

EMERGÊNCIAS DE HOSPITAIS E A DEDICAÇÃO DE ALGUNS

Tenho um amigo que está muito doente.
O corre-corre atrás de hospitais tem sido uma constante nesses últimos 45 dias.
Temos encontrado de tudo. Hospitais sem a menor condição de ser chamados de hospitais (parecendo os
que vimos nos filmes e noticiários sobre países africanos). Pessoas sem a menor disposição ou paciência de cumprir suas tarefas. Até entendo, pois imagino a pressão psicológica que essas pessoas enfrentam, enfrentando diuturnamente a dor e o sofrimento de pacientes e parentes desesperados com seus entes queridos.
Mas encontramos também um esforço sobrenatural de pessoas obstinadas a serem mais humanas que o humano, que longe das condições mínimas para prestar um atendimento devido a esses pacientes e seus parentes (pelo excesso de pacientes, superlotação de emergências e falta de condições físicas e técnicas para esses atendimentos), mantém a calma e a humanidade para minimizar um pouco esse sofrimento.
Incrível como o sofrimento coletivo apesar de chocar é rapidamente absorvido por nossos processos mentais.
O sofrimento só toma proporção quando damos identidade a ele. Quando vinculamos uma vida com identidade, com o que fazia, o que sentia e todos aqueles que se envolvem direta e indiretamente a esse sofrimento.
Não fiquei mais chocado do que tenho ficado nesses últimos 45 ou 50 dias, porque conseguimos entrar na emergência do Hospital de Clínicas em Porto Alegre.
depois de mais de 24 horas numa cadeira de rodas, meu amigo (portador de AIDS, e num estagio bem avançado da doença, e muito debilitado), conseguiu uma promoção. Foi promovido a categoria ¨maca¨. E lá permanece a mais de 24 horas, dividindo um espaço onde os obstinado enfermeiros, médicos e parentes dividem um espaço infmio com um sem numero de macas. Para se movimentar dentro desse setor da emergência, é necessária a colaboração de todos, para mover as macas de um lado para o outro.
Confesso que sobre toda essa tristeza que me assola e me tira o sono a quase dois meses, um pequeno facho de luz brilha nessa escuridão que minha alma se encontra hoje.
A vitória de ter conseguido ingressar meu amigo na Emergência, e a felicidade de encontrar anónimos servidores da saúde (também com seu problemas, angustias normais a um ser humano), dedicados. alheios a todas impossibilidades, lutando por vidas e histórias que nem imaginam quais sejam. O pouco de informações que eles obtém, traçam um perfil de quem é aquele paciente.
Agradeço as Fridas (esse é o nome de uma dessas pessoas, e ao personalizar um individuo, quero dar a dimensão do altruísmo e abnegação de alguns deles), por ter me perguntado, quem eu era, a idade do meu amigo (que apesar do estado que se encontra, ainda parece muito mais jovem do que realmente é), o que tomava, o que usava, o que fazia.
Nesse momento a luz se faz mais forte, e diante de tanta iniquidade, parece que por um momento as coisas vão se resolver.
Mesmo que pareça um sonho, uma vontade incontida de que as coisas voltem ao estado normal, são dessas pílulas de esperança que nos acalmam por momentos.
muito obrigado Frida (sei que jamais vais ler esse texto, mas também não é para você que escrevo).
Meus textos aqui são desabafos, vão válvulas de escape.



terça-feira, 14 de setembro de 2010

SUPER HIPER CONTRA ESPIÃO

Nossa!
Vocês viram?
Porto Alegre tem Super Hiper Espião.
Já imaginaram... 95 mil acessos ao o Sistema de Consultas Integradas da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Sul.
Viram? leram bem? 95 Mil acessos em dois anos....
E nos últimos dias começou a investigar quem o estava investigando.
Então temos ai: Espionagem, contra-espionagem, e outras coisitas mais.
Isso é rapinagem mesmo.
Agora fico pensando, eu que sou um ninguém na história do mundo, ou do país, ou do estado, estou indignado, imagina esses militares, esses políticos, esses jornalistas, que de uma hora pra outra ficaram sabendo que sabem tudo da vida deles.
Pra mim que meu maior tesouro são meus filhos, fiquei pensando horrorizado: - esse cara (ou esses caras) sabem até o horário que os filhos dessas pessoas saem de casa, pra qual escola vão, que transporte escolar utilizam....
Se eu fosse eles, me mudava de país.
E vi hoje pela manha no jornal, um Militar de alta patente da Brigada Militar (não lembro o nome) dizendo: - Ninguém veio reclamar de nada ainda, acho que não tem problema.
Talvez, ou certamente o nome dele não estava na lista....
Que pais que tá ficando sem graça.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

6º CAPITULO - Parte I


(De Expointer e Amigos)

Tanto tempo sem escrever. Nem no Blog nem na Revista. A correria nos afasta das coisas das quais gostamos. (escrever é uma delas).

Tanto trabalho, tanto corre-corre acabam por nos desviar do que realmente somos.

A Expointer veio exuberante, e foi embora triunfal. Resultados bárbaros a todas as Cabanhas que comercializaram na Expointer. Parabéns a todos.

Nesse corre-corre a vida se interpõe e se faz presente nos obrigando a refletir.

Tive tristes notícias também nessa Feira. Um amigo de mais de 30 anos com uma grave doença. Outro amigo e parceiro perde a vida no meio da Feira.

Nosso parcerio Albino, com sua alegria e disposição deve estar montando baias para o Horneiro e outros tantos ¨padrillos¨ num campo celeste.

Fica a reflexão...

De que não podemos estar longe de nós mesmos. Não podemos suplantar a vida e a morte.

Mas enquanto a roda inevitável da vida vai girando, precisamos azeitar nossos conceitos, nossas humanidades. Olhar, perceber, respeitar e ajudar as pessoas em nosso entorno.

Enaltecer nossos sentimentos por quem queremos bem. Sublimar ressentimentos, e girar na roda da vida.

Mudando um pouco de assunto.... acho que estou ficando Verde.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

LONGE DEMAIS DE TUDO

Estive longe demais de tudo.
Estive longe do blog, dos amigos, de mim.
Até dos meus filhos (mesmo estando tão perto deles).
Um amigo doente me puxou de volta pra dentro de mim.
Me desencontrei de mim mesmo nessa hora. Os referenciais haviam se distanciado. Uma tênue lembrança entre o que eu vivi e o que estava vivendo hoje.
Me dei conta. Só trabalho. Só trabalho.
Entre construir o amanha dos meus filhos e o cara que eu era..... LONGE DEMAIS DE TUDO.
Nesse feriado de sete de Setembro, sentei com outro amigo para um café. Olhamos para trás e percebemos.
Estamos LONGE DEMAIS DE TUDO.
Voltei pra casa com a certeza de que se não resgatarmos o que nos constrói como seres humanos, estaremos Longe Demais de tudo.
Estou com um novo olhar..... ainda Longe Demais de Tudo, mas vejo na minha família (Minha mulher e meus filhos queridos), nas minhas irmãs, na minha sobrinha, e nos poucos amigos que ficaram..... a Ponte.... a estrada, o caminho.
Pra voltar ao pé no chão....aviso....
To ficando VERDE.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

PUTA GRIPE E PUTA CHUVA NO RIO

É uma porcaria a gente ficar doente.
Não me lembrava a ultima vez que tinha ficado assim.
Sai do escritório ontem de camiseta. Cheguei em casa de camiseta, camisa e um blusão. tremia de frio.
Minha mulher então me lembrou a ultima vez que me viu assim. ainda não estávamos casados (lá se vão 11 anos).
Então ela lembrou que ligou pra casa e meu pai disse que estava mau. ela foi pra lá e ao me colocar no chuveiro eu dizia : - queres me matar com essa agua gelada (e a agua era morninha).

Esse papo todo só pra mostrar que a gente se queixa de uma gripezinha de merda, apesar de chamar ela de Puta Gripe, enquanto milhares de pessoas sofrem de VERDADE no Rio de Janeiro e em Salvador.
O velho e antigo lixão (Bairro urbanizado de Niteroi) volta as suas origens, e trata o povo da mesma forma que esses Políticos FDP. Lixões.... isso mesmo, lixões..... É assim que a maioria dessa classe de políticos atuam hoje..... Tratando o povo como lixo humano.
enquanto seu Geddel mandava mais de 34% das verbas do Ministério da Integração (Seu Ministério), e agora é candidato ao governo da Bahia.
ainda bem que existe gente que pensa diferente, que pensa no novo....
já foram no Blog do Novo? Então...... lá tem gente que pensa DIFERENTE....
http://www.blogdonovo.com.br passe lá..... vai ver que tem GENTE DIFERENTE pensando na GENTE.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

6º CAPITULO

É, posso dizer que estou começando o 6º Capítulo da minha vida.

Completei 50 Anos, e me senti obrigado a olhar prá trás, pra frente e pros lados.

Coisa simples e complicada fazer 50 anos. Que análise fazer? Se fiquei Rico? Se fui e sou Feliz? Se fiz poucos ou muitos amigos? É muita coisa a pensar.

Primeiro me olho no espelho. Não me assusto pois se tirasse o bigode pareceria com uns 41 (segundo minha filha Ana Paula de 9 anos). Mas sei também que ao me olhar no espelho, me vejo assim como um taxi, (meio ajeitado por fora, mas com muita quilometragem e manutenções vencidas). Mas lembro também da frase interrompida do meu filho Thiago, quando falei sobre quando a televisão chegou na minha casa.... : - Pai, no teu tempo ainda não tinha televisão? (E um silencio se fez na sala).

Não fiquei rico pelas minhas próprias escolhas que fiz na vida. Sempre extrai o máximo de felicidade dos meus momentos de sobriedade e também os de loucura (e paguei por eles).

Tenho uma Família especial. Com o estereótipo que sonhava na minha juventude. (tanto física como em personalidades).Uma bela esposa e companheira, minha amiga e amada, sempre presente ao meu lado. Tenho um filho que tivemos a graça Divina de nos escolhermos, e uma filha que acho que faz parte desse lote de crianças Índigo que estão vindo por ai.

Minhas irmãs sempre presentes, mantendo o elo vivo e a lembrança do Pai e da Mãe.

Tenho uma sobrinha que é unica, e que se não fosse unica pela quantidade é unica pela singularidade.

Amigos, não sei se fiz muitos, mas sei que fiz bons amigos. Poderia dizer que os que fiz são perenes, pois vão morrer comigo (não sei em qual capitulo).

Sinto saudades de alguns momentos, do meu velho amigo chamado Pai, da minha doce e acalentadora Mãe. (todos eles partes dos capítulos anteriores, mas fortemente presentes nessa historia).

Conversava com minha irmã dia desses, e disse a ela que o que mais temia na minha juventude era não me tornar uma pessoa conhecida mundialmente, pois assim sendo, fatalmente seria esquecido duas ou três gerações após a minha. Hoje já não me preocupa mais isso. Não sei se porque já sei que não me tornarei conhecido mundialmente por um grande feito.

Me preocupa sim, ser um pai exemplar (como foi meu querido e eternamente lembrado Pai Guido). Ser afetuoso com os meus e os próximos (como foi minha afortunada mãe Haydée).

Parto agora para escrever esse 6º Capitulo, com mais vagar, com mais observação, com mais cuidado, como jamais tive.

Acho que esse capitulo será o definitivo, onde ainda escreverei. Os outros.... Bem, dos outros serei história.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Fim das Férias e tudo igual....

Fim das Férias intelectuais.....

Desde o final do ano passado que não escrevi mais.

Me dediquei a leitura..... o outro do lado do mesmo prazer..

Terminei o ano com o texto ¨Ano tem vencimento? ¨. Nele discorri sobre as mazelas humanas e alguns corações anônimos que realmente fazem a diferença.

Começa o Ano e junto com ele, as mazelas.... Haiti, Chile, calor Senegalês no Brasil.

Quanta tristeza e desolação para esses povos. Quanta tristeza para nós humanos, que junto a essa tristeza, se depara com a barbárie dos saques, da violência.

No Haiti, a polícia ao invés de resgatar sobreviventes, perdia seu tempo tentando prender presidiários que se libertaram após a queda dos muros das suas prisões. (o mesmo ocorre agora no Chile). Os saques, pelo simples prazer de saquear e levar alguma vantagem, sobre um povo que perde tudo ou quase tudo.

Fico pensando o que acontece com o coração e a fé de algumas pessoas mais velhas que passam por essas catástrofes: - ficam com a vida e ao mesmo tempo perdem tudo. Parentes, filhos, casa, roupas, sei lá. Qual alento sobra a essas pessoas?

Aqui no nosso Brasil, esse dito calor Senegalês. Me dei ao trabalho (ou ao luxo) de configurar meu Iphone, para ter a temperatura e as condições atmosféricas de Dakar. Que surpresa tive todos esses dias de calor senegalês.... Em todos eles em Dakar estava uma temperatura muito mais amena que aqui em Porto Alegre. (e também no resto do Brasil).

No mundo agora, nos dias quentes devem estar usando a frase: - Que calor carioca, ou, Que calor Gaúcho.

Agora nesses dias, no nosso mundinho menor: - Assassinatos de jovens na Redenção, de políticos, bancos sendo explodidos, bombas no túnel de Porto Alegre, e pra completar, a dengue.

Perai........ Pensei que tinha terminado o assunto do ano passado.

Acho que continua tudo igual......

Não... Não....

Esse Ano tem Copa e Eleição.

Huhuhuhuhuh....... Todo um ano inteiro mascardo.....

Mas vamos lá...

Um Feliz 2010 a todos....

Agora você pode me seguir no twitter WWW.twitter.com/thaless (isso mesmo com 2 esses no final).

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

CALOR SENEGALÊS

Putz....
E ainda dizer ¨Calor Senegalês¨....
A gente nao sabe de mais nada mesmo. Em Dakar, tá 23º. Isso mesmo... 23 GRAUS... e aqui emPorto Alegre 37º na sombra (que sombra?).
Acho que tá na hora da gente se preparar pra novos tempos......
Esse verão torrido segue aqui no Sul até sabe Deus quando (só ele mesmo pra saber, porque por aqui, nem p Cléo Kunn sabe).
Achei que ia desenferrujar os dedos..... mas meu cérebro tá derretendo....
Não vai dar....
Hoje não escrevo mais. (até porque ia escrever sobre as chuvas lá de cima).
Não..... por hoje deu!!!!!!